Transição Socialista
   

15/05, e agora?

16.05.2019

BALANÇO E PERSPECTIVAS | Após os grandes atos do dia 15/05, que fazer? É hora de seguir a luta contra os cortes, contra a reforma da previdência, contra Weintraub e contra Bolsonaro. Mas como fazer esta luta histórica se voltar ao futuro, e não ao passado? Como impedir que os petistas tomem o movimento?


13.05.2019

Estaria Bolsonaro se preparando para renunciar?

O novo decreto de armas de Bolsonaro parece indicar que ele cria uma narrativa para cair. As próximas semanas, sobretudo graças à juventude, serão decisivas para selar o seu destino. Ainda é especulação, mas talvez ele opte por copiar a carta de Jânio e deixar a bucha da previdência pro Mourão.


30.04.2019

Saudação ao 1º de maio da Razón y Revolución (Argentina)

Saudação ao ato operário, socialista e internacionalista na Argentina, no dia em que o resto da “esquerda”, devido às suas preocupações eleitoreiras, estará em casa, acatando as ordens da burocracia sindical e deixando as avenidas abertas para a burguesia.


30.04.2019

Declaração ante à crise na Venezuela

Apesar da ação ridícula de Guaidó, que se viu, no final das contas, não foi um “levante militar”, mas mais um capítulo do conflito das massas contra o Estado burguês de Maduro. Infelizmente – por falta de opção –, a luta das massas segue líderes burgueses. Mas o caminho para os trabalhadores da Venezuela ainda passa pela queda de Maduro.


29.04.2019

O que revelam os novos dados sobre greve do DIEESE?

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou no início de mês abril o panorama das greves no Brasil em 2018. O número acompanha o ciclo de greves que emergiu mais claramente a partir de 2013, mas indica uma curva de desaceleração desde 2017, registrando um momento de refluxo da luta da classe. O atual ciclo de greves revelado pelo DIEESE comprova: a crise da classe trabalhadora é a sua crise de direção revolucionária.

GALERIA


Pré-candidatura de Rafael Padial a deputado federal


Dossiê : Greve do Sintusp 2018


O Corneta apoia a RENOVAÇÃO do Sindicato dos Motoristas de SP! Vote chapa 3!


O Corneta entrevista Weller Gonçalves


02.05.2017

Maisvalia 3


01.05.2017

Maisvalia 2


O CORNETA

A voz da peãozada!

O Corneta nasceu em 1985 como boletim interno de uma fábrica metalúrgica da zona oeste de São Paulo, a Colúmbia. Nasceu na luta pela construção de uma comissão de fábrica, nasceu na luta que desembocou em julho daquele ano em uma greve com ocupação por cerca de um mês. De lá pra cá se passaram 31 anos e vamos adiante!

RSS Últimas publicações


TERRITÓRIO LIVRE

Juventude da organização Transição Socialista

Cresce o desemprego, o custo de vida e a vontade de gritar BASTA! Nós do Território Livre defendemos que é possível sim mudar toda essa miséria. Nos organizamos, estudamos o que a escola e a universidade não nos ensinam, pensamos por nós mesmos. Apoiamos hoje a luta dos trabalhadores, porque mais tarde os trabalhadores seremos nós.

RSS Últimas publicações