Transição Socialista
   

PSTU naufraga nas eleições de 2020

27.11.2020

O PSTU naufragou neste pleito. Seus resultados foram muito menores do que nos últimos anos e sua política no segundo turno foi capitulacionista. Tais problemas, expressões agudas da falta de programa revolucionário, demarcam que o PSTU não terá protagonismo na futura reorganização dos revolucionários.


18.11.2020

Liberdade imediata a Rodney Álvarez!

Texto enviado pela TS para a manifestação pela liberdade de Rodney Álvarez em frente à embaixada venezuelana na Argentina nesta quarta, 18 de novembro de 2020.


18.11.2020

Nem Manuela, nem Melo! Vote nulo em Porto Alegre!

Manuela D’Ávila não é alternativa de esquerda em Porto Alegre. É apenas a nova cara da política petista, que trouxe a classe trabalhadora à situação de desorganização e impotência frente ao capital. Para criar uma alternativa revolucionária, é necessário outro caminho, absolutamente diferente, que parte do voto nulo nesta eleição!


17.11.2020

O bolsonarismo é um tigre de papel

A “onda bolsonarista” se mostrou uma marolinha. Nada se confirmou da “tendência fascista”. A “onda bolsonarista” durou dois anos, menos que a “onda” do oportunismo petista. Esta foi mais profunda e teve um caráter mais nefasto para a luta da classe trabalhadora do que as patetadas bolsonaristas.


17.11.2020

Boulos = Covas! Vote nulo!

Qualquer um que tenha visto o primeiro debate de segundo turno, nesta segunda-feira 16/11, notou que Boulos e Covas são variações do mesmo tema. Acrescentamos: um tema burguês que se volta contra os trabalhadores. Não daremos qualquer apoio ao petista enrustido Boulos. Chamamos os que lutam pelo socialismo a não cair em sua charlatanice e a votar nulo neste segundo turno em São Paulo. Só assim se organiza a classe trabalhadora a resistir de verdade aos ataques capitalistas de um possível governo seu.


28.11.2020

Viva Engels!


O CORNETA

A voz da peãozada!

O Corneta nasceu em 1985 como boletim interno de uma fábrica metalúrgica da zona oeste de São Paulo, a Colúmbia. Nasceu na luta pela construção de uma comissão de fábrica, nasceu na luta que desembocou em julho daquele ano em uma greve com ocupação por cerca de um mês. De lá pra cá se passaram 31 anos e vamos adiante!


TERRITÓRIO LIVRE

Juventude da organização Transição Socialista

Cresce o desemprego, o custo de vida e a vontade de gritar BASTA! Nós do Território Livre defendemos que é possível sim mudar toda essa miséria. Nos organizamos, estudamos o que a escola e a universidade não nos ensinam, pensamos por nós mesmos. Apoiamos hoje a luta dos trabalhadores, porque mais tarde os trabalhadores seremos nós.