Transição Socialista
   

Sobre o conflito EUA-Irã

20.01.2020

Muito se comenta sobre a recente crise no Oriente Médio frente ao assassinato do general Qassem Soleimani e de Abu Mehdi al Muhandis pelos Estados Unidos no início deste ano. A chamada “esquerda” socialista prontamente repudiou o assassinato tendo em vista, por esse meio, erguer uma luta “anti-imperialista” no Oriente Médio. Ora, não são as lutas de classes internas ao Irã que deveriam pautar a estratégia revolucionária nesse país? Será que é por meios assim que uma luta “anti-imperialista” deveria se impor? Sob qual contexto se deu a morte do general e, mais importante, a que serviu esse assassinato?


21.01.2020

Alvim e a pergunta que não quer calar

Todas as sumidades intelectuais do país estão sendo convocadas para responder à questão, à pergunta de um milhão de dólares, mas preferem crer em fascismo da Regina Duarte, golpe e duendes, ou colocar a culpa no “povão”…


04.12.2019

Bolívia: a “revolução das fitinhas” não acabou!

Camacho representa politicamente nossos comitês cívicos, ou o dos empresários aliados ao MAS? Por que ele indicou o super-masista Jerjes Justiniano como Ministro da Presidência do governo transitório? Por que a ex-candidata do MAS, Nadia Beller, tornou-se agora a operadora política de Camacho?


20.11.2019

PSTU e esquerda do PSOL capitulam na crise boliviana

PSTU e CST-PSOL capitularam na crise boliviana, dando declarações duplas ou contraditórias. Na prática, terminaram apoiando o setor capitalista de Evo, amplamente odiado pela população trabalhadora. O fato é um alarme para a vanguarda da classe trabalhadora brasileira.


19.11.2019

Após derrubar Evo, que fazer?

Após a luta da maioria da população trabalhadora e camponesa ter derrubado Evo, que fazer? Qual a tática dos revolucionários na Bolívia nesta nova etapa da luta que se abre, com as liberdades democráticas e o processo eleitoral em aberto?

GALERIA


Pré-candidatura de Rafael Padial a deputado federal


Dossiê : Greve do Sintusp 2018


O Corneta apoia a RENOVAÇÃO do Sindicato dos Motoristas de SP! Vote chapa 3!


O Corneta entrevista Weller Gonçalves


02.05.2017

Maisvalia 3


01.05.2017

Maisvalia 2


O CORNETA

A voz da peãozada!

O Corneta nasceu em 1985 como boletim interno de uma fábrica metalúrgica da zona oeste de São Paulo, a Colúmbia. Nasceu na luta pela construção de uma comissão de fábrica, nasceu na luta que desembocou em julho daquele ano em uma greve com ocupação por cerca de um mês. De lá pra cá se passaram 31 anos e vamos adiante!


TERRITÓRIO LIVRE

Juventude da organização Transição Socialista

Cresce o desemprego, o custo de vida e a vontade de gritar BASTA! Nós do Território Livre defendemos que é possível sim mudar toda essa miséria. Nos organizamos, estudamos o que a escola e a universidade não nos ensinam, pensamos por nós mesmos. Apoiamos hoje a luta dos trabalhadores, porque mais tarde os trabalhadores seremos nós.