Transição Socialista
   

Por que alguém votaria em Boulos se há Ciro?

19.06.2018

O pequeno-burguês acha que é tão ardiloso que, com sua retórica, seus numerozinhos, suas bravatas, ameaças à convocação popular, conseguirá assustar e enganar ao mesmo tempo a classe trabalhadora e a burguesia.


13.06.2018

Venda da Embraer: exploração ou exploitation?

O palavrório sobre o suposto caráter nacional da Embraer é uma desculpa para capitular a uma política nacionalista de tipo pequeno-burguês, que quebra a independência da classe operária.


11.06.2018

O que está por trás da ópera-bufa do G7?

A farsa cômica do G7, com o bate-cabeça das super-potências mundiais, anuncia a oportunidade que se abrirá para a classe operária internacional.


04.06.2018

Lições da greve dos caminhoneiros (à luz de 2013)

A greve dos caminhoneiros comprovou que a luta por controle de preços é algo absolutamente irracional e fadado ao fracasso. A esquerda está na encruzilhada entre uma política pequeno-burguesa e uma política operária.


28.05.2018

Para análise marxista da greve dos caminhoneiros

O difícil é compreender o caráter contraditório do movimento. Este provém em parte do caráter também contraditório dos transportes enquanto processo de produção que se dá dentro da esfera da circulação (Marx, O Capital, Livro II, seção I, cap. VI), algo que boa parte da esquerda ignora (considerando apenas como […]

GALERIA


Greve no Sintusp!


O Corneta apoia a RENOVAÇÃO do Sindicato dos Motoristas de SP! Vote chapa 3!


O Corneta entrevista Weller Gonçalves


Fim do foro privilegiado!


02.05.2017

Maisvalia 3


01.05.2017

Maisvalia 2


O CORNETA

A voz da peãozada!

O Corneta nasceu em 1985 como boletim interno de uma fábrica metalúrgica da zona oeste de São Paulo, a Colúmbia. Nasceu na luta pela construção de uma comissão de fábrica, nasceu na luta que desembocou em julho daquele ano em uma greve com ocupação por cerca de um mês. De lá pra cá se passaram 31 anos e vamos adiante!

Últimas publicações


TERRITÓRIO LIVRE

Juventude da organização Transição Socialista

Cresce o desemprego, o custo de vida e a vontade de gritar BASTA! Nós do Território Livre defendemos que é possível sim mudar toda essa miséria. Nos organizamos, estudamos o que a escola e a universidade não nos ensinam, pensamos por nós mesmos. Apoiamos hoje a luta dos trabalhadores, porque mais tarde os trabalhadores seremos nós.

Últimas publicações