Newsletter n. 25 | 09.06.2018

---

Lições da greve dos caminhoneiros

(à luz de 2013)

A greve dos caminhoneiros comprovou que a luta por controle de preços é algo absolutamente irracional e fadado ao fracasso. A esquerda está na encruzilhada entre uma política pequeno-burguesa e uma política operária.

Leia mais.

---

O CORNETA

Terceirização: O calote ao peão agora legalizado na Bardella

Depois de um longo período de ataque aos trabalhadores, e apesar da resistência das greves e dos protestos do chão de fábrica, os patrões da Bardella tiveram uma conquista: uma força de trabalho cerca de 35% mais barata.

Leia mais

Qual a saída para a classe trabalhadora?

Falta emprego para 27,7 milhões de pessoas em nosso país, segundo dados do IBGE. É um novo recorde, atingindo 25% da força de trabalho brasileira. Uma em cada quatro pessoas em idade de trabalho está desempregada ou fazendo “bico”.

Leia mais

Ferroviário: olhos abertos e boca no trombone!

A última campanha salarial, fechada em março, mostrou que os sindicatos estão despreparados para defender os ferroviários. Quiseram abrir negociação de pontos do contrato coletivo com a empresa, no lugar de ficarem na defensiva, e tiveram que sair com o rabo entre as pernas.

Leia mais

Cornetadas da Meritor

Revoltados com o descaso

A Meritor demitiu 5 funcionários, um novo que trombou numa máquina, um que discordava da renovação do banco de horas… e o sindicato não faz nada! Esse banco de horas faz o peão parecer escravo da Meritor com as exigências que estão fazendo para pagar. Todo dia uma hora a mais e todo sábado — só trabalhando para pagar horas e o sindicato de papo com o RH. Funcionários deviam se juntar e dar baixa no Sindicato.

Leia mais

---

TERRITÓRIO LIVRE

---

Essa é a newsletter semanal da organização Transição Socialista.