Transição Socialista
   

Às ruas! Parar o país e derrubar o bandido do Temer!

A luta dos caminhoneiros deu a toada: é preciso voltar todo o descontentamento popular contra o governo de Michel Temer! Ele já está de joelhos, basta empurrá-lo pro chão. Ou melhor: pro caixão. E em seguida abrir um buraco e enterrar o cadáver fétido desse zumbi que é continuidade da zumbi Dilma Roussef.

Para derrubar Temer basta as grandes centrais sindicais terem um pouco de dignidade e respeito à vontade da maioria da população brasileira e chamarem uma paralisação nacional em solidariedade aos caminhoneiros. O que estão esperando? O uso do exército contra os bravos caminhoneiros? Mesmo que fosse um dia só: provavelmente não restaria pedra sobre pedra; cairia esse castelo de cartas e mesóclises chamado “governo Temer”.

As centrais vão ficar só no discurso de “Fora Temer!” ou vão agir? É hora de agir! Antes que as reformas de Temer piorem ainda mais a situação da maioria da população, antes que o desemprego oficial atinja mais de 20%, antes que a miséria se alastre de forma irrecuperável.

Sem esperar as centrais, devemos convocar atos e ir às ruas em todas as cidades, abrir avenidas e caminhos. Assim como os caminhoneiros, parando as ruas, avenidas e rodovias, abrimos caminho!

Há um ano, quando estourou o escândalo da JBS, espalhamos cartazes dizendo: “Derrubar Temer é Abrir Caminho!”. Os petistas, que só falavam “Fora Temer”, deram pra trás. Mas derrubar Temer ainda está na ordem do dia. Derrubar Temer é paralisar as malditas reformas, é paralisar o sistema político corrupto, é manter Lula, Cunha e Maluf presos (e de brinde prender Aécio, Renan, Sarney etc)! Derrubar Temer é abrir caminho para uma nova política, para o poder da maioria que trabalha e assim produz riqueza neste país. Derrubar Temer é abrir caminho para uma organização revolucionária!

Esse ainda é o caminho.

Às ruas! Paralisar todo o país!

Toda solidariedade aos caminhoneiros! Por uma paralisação nacional de todas as categorias em apoio!

Não à repressão, não ao uso do exército e das forças policiais! Não às multa às associações de caminhoneiros e aos próprios caminhoneiros!

Fora Temer! Revogação da reforma trabalhista! Abaixo a reforma da previdência!