Transição Socialista
   

Grupo de estudo: Marx e o Estado

Lutar e estudar, estudar e lutar: num esforço para evitar que o movimento espontâneo seja mais uma vez desviado pelas forças reformistas, oportunistas e democrático-burguesas, a TS está colocando cursos sobre teoria revolucionária online.

O segundo ciclo dos nossos grupos de estudo, chamado “Marx e o Estado”, culminou em publicação de livro de mesmo nome que pode ser lida aqui. Seu objetivo é discutir as concepções de Marx sobre o Estado, mostrando, com base na leitura rigorosa dos textos do autor, como elas destoam, em grande medida, da maior parte das concepções predominantes da esquerda sobre o papel do Estado.


1. A origem do Estado

Nessa primeira aula, apresentaremos a razão de ser de um estudo desse tipo – combater as concepções estatistas da parte da esquerda –, bem como discutiremos a origem do Estado no chamado modo de produção asiático e a mudança pela qual ele passa quando da passagem para o modo de produção greco-romano.

2. Qual o papel do Estado capitalista?

A segunda aula discutirá a questão do papel do Estado, a saber, o de funcionar como um órgão de acumulação e repressão, passando pela discussão sobre o caráter do trabalho estatal, baseado na diferenciação de Marx entre trabalho produtivo e improdutivo (do ponto de vista do capital).

3. O programa de Marx para destruir o Estado

A terceira aula encerrará a discussão precedente, bem como abordará o desenvolvimento programático das concepções de Marx e Engels sobre o Estado, que, com o avançar da luta de classes, superam os traços estatistas da reivindicações presentes no “Manifesto do Partido Comunista” para chegar à conclusão de que é necessário quebrar a máquina do Estado, não reformá-la por dentro.

Bibliografia utilizada:

MARX, K., ENGELS, F.; Manifesto do Partido Comunista
MARX, K.; Guerra civil na França
MARX, K.; Crítica do Programa de Gotha
MARX, K.; Grundrisse
MARZ, K.; O Capital
PADIAL, R.; Marx e o Estado