Transição Socialista

eduardo cunha


21.07.2015 - Editoriais

Fora Cunha!

Acuado pela acusação de que recebeu US$ 5 milhões em propina do esquema de corrupção da Petrobras, o presidente da Câmara dos Deputados, terceiro nome na linha de sucessão presidencial, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) anunciou na sexta-feira passada sua ruptura com o governo Dilma, sinalizando que um novo período de turbulência vem pela frente na já profunda crise da política nacional.