Transição Socialista

esquerda


09.12.2020 - Editoriais

Não existe partido de esquerda no Brasil

Não existe realmente um partido de esquerda no Brasil. Para entender isso é necessário compreender o significado dos termos “esquerda” e “direita” ao longo da história, bem como aplicar o significado real (atual) para os partidos hoje existentes.


19.10.2020 - Editoriais

O papel dos comunistas nestas eleições

As eleições municipais acontecerão sob o signo da crise: sanitária, política e, sobretudo, econômica, que arrasta milhares de trabalhadores para o desemprego e para a miséria. Nessas circunstâncias, qual papel cabe aos revolucionários nestas eleições? Defender essencialmente as mesmas propostas que os oportunistas, ou apontar um novo caminho?


27.07.2020 - Conjuntura Editoriais

Saiam do PSOL!

As prévias do PSOL confirmaram o que anunciamos em 2018: com Boulos se cristalizou o rumo ao oportunismo e à lógica parlamentar-petista. Os lutadores honestos deveriam sair do PSOL, em vez de dar cobertura de esquerda ao oportunismo. Chamamos os lutadores à discussão por uma nova organização política nacional.


06.12.2019 - Produções teóricas

História da classe trabalhadora: direita e esquerda, além da ilusão

1. A origem Os termos esquerda e direita na política têm origem na Revolução Francesa. Num processo que foi marcado pela formação da Assembleia Nacional em 1789, sua substituição pela Assembleia Legislativa em 1791, pela convocação da Convenção Nacional em 1792, pela tomada do poder pelos Jacobinos em 1793, pelo […]


20.11.2019 - Conjuntura Editoriais

PSTU e esquerda do PSOL capitulam na crise boliviana

PSTU e CST-PSOL capitularam na crise boliviana, dando declarações duplas ou contraditórias. Na prática, terminaram apoiando o setor capitalista de Evo, amplamente odiado pela população trabalhadora. O fato é um alarme para a vanguarda da classe trabalhadora brasileira.


16.09.2019 - Conjuntura Editoriais

Abaixo o acordo Bolsonaro-PT!

O bolsolulismo é a principal corrente política em Brasília hoje. O nome de Aras para a PGR foi indicação velada de Jaques Wagner, quem hoje dá as cartas do PT em Brasília. Aras é a materialização do acordo Bolsonaro-PT. A CPI da Lava-Toga, entretanto, pode quebrar o acordão.


29.04.2019 - Conjuntura Editoriais

O que revelam os novos dados sobre greve do DIEESE?

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou no início de mês abril o panorama das greves no Brasil em 2018. O número acompanha o ciclo de greves que emergiu mais claramente a partir de 2013, mas indica uma curva de desaceleração desde 2017, registrando um momento de refluxo da luta da classe. O atual ciclo de greves revelado pelo DIEESE comprova: a crise da classe trabalhadora é a sua crise de direção revolucionária.


08.04.2019 - Conjuntura Editoriais

Um ano de Lula na prisão: cresce a crise de dominação burguesa

O serviçal corrupto da Burguesia, Lula, está há um ano na prisão. Não temos nada a lamentar, somente a torcer: que não saia! Se a crise de dominação da burguesia faz com que ela brigue entre si, tanto melhor para os trabalhadores!


21.03.2019 - Conjuntura Editoriais

Prisão de Temer: falência intelectual dos petistas

A prisão de Temer comprova a falência intelectual dos petistas e aliados (como a direção do PSOL), que encheram o saco de todos com a tese do “golpe”. Tais setores não têm mais propósito de existência, senão o de mentir à população e às suas bases.


25.02.2019 - Conjuntura Editoriais

“Dia D” e lições de Marx para a Venezuela

O chamado “Dia D” da oposição burguesa a Maduro foi um fracasso. Essa “oposição” é frágil. Ainda há um vazio importante de direção da revolta popular contra Maduro, vazio que esquerda revolucionária deveria ocupar. Marx dá lições claras sobre como fazê-lo.