Transição Socialista

sindicatos


21.11.2017 - Conjuntura Editoriais

Unidade para revogar a reforma trabalhista!

Quando algo acaba de ser implementado, ainda pode ser revogado. Após isso, as chances são mínimas. A reforma trabalhista entrou em vigor no sábado, 11/11. Entre seus ataques mais nefastos está a terceirização da atividade-fim e a validade do negociado sobre o legislado. Trata-se de um tipo de “mexicanização” das […]


14.10.2017 - Panfletos

Por uma CSP-CONLUTAS à altura dos desafios históricos!

Panfleto distribuído no III Congresso da Conlutas. Apesar de todos os elementos importantes que devemos discutir sobre a conjuntura brasileira; apesar da homenagem à Revolução Russa… Há uma tarefa muito mais importante e urgente, à qual a CSP-Conlutas deve se voltar com todas as suas forças e energias desde já: a preparação consciente das condições para realizar a revolução socialista hoje.


01.10.2017 - Editorial O Corneta O Corneta

É salário e emprego nas campanhas!!!

Ou lutamos para manter salários e empregos neste ano, ou, nos próximos, nossa classe estará bem perto da miséria! Patrões vieram pra cima Na campanha salarial deste ano, pesa sobre nós o alto índice de desemprego. Só na indústria, cerca de 1,8 milhões de postos de trabalho foram destruídos desde […]


01.09.2017 - Editorial O Corneta O Corneta

Centrais sindicais traíram trabalhadores!

E tomaram passa-moleque dos patrões As grandes centrais sindicais do Brasil sempre fazem corpo mole pra luta no chão de fábrica e enrolaram pra convocar paralisações nacionais contra as reformas trabalhista e previdenciária. Não pautaram a luta por empregos e salários na paralisação de 28/04 e deixaram de organizar os […]


03.07.2017 - Editoriais

Centrais sindicais traem paralisação de 30/06

Havia disposição de luta da classe trabalhadora para que a paralisação de 30/06 fosse forte, mas o dia infelizmente foi marcado pela grande traição das nossas maiores centrais sindicais: CUT, Força Sindical, UGT e CTB que boicotaram a paralisação nacional. Ainda assim, um setor importante da vanguarda da classe trabalhadora brasileira parou a produção e foi às ruas para lutar contra as reformas e o governo. A paralisação, embora pequena e localizada, foi importante por demonstrar, mesmo que em nível localizado, que é possível fazer mais do que as principais direções sindicais da classe trabalhadora estão fazendo.


09.06.2017 - Panfletos

As tarefas urgentes da Conlutas

O texto abaixo é um panfleto do MNN, distribuído no encontro da Coordenação Nacional da central sindical Conlutas nesta sexta, sábado e domingo, 9, 10 e 11 de junho.