Transição Socialista
   

trotsky


10.11.2020 - Conjuntura Editoriais

Os que respiram aliviados com a vitória de Biden

Frente à eleição de Biden, nada temos a dizer – pois não faz sentido – sobre o que significará seu governo. Nada de relevante mudará na política dos EUA. Cabe-nos analisar porque toda a “esquerda” brasileira e latino-americana, uma vez mais, capitula e respira “aliviada” com o novo presidente.


11.10.2020 - Editoriais Produções teóricas

Crítica ao programa eleitoral do PSTU – parte 2

Esta é a segunda parte do texto de crítica ao programa eleitoral apresentado pelo PSTU nestas eleições. Nesta segunda parte, trataremos detalhadamente das propostas de curto prazo apresentadas pelo PSTU para uma “gestão socialista”


11.10.2020 - Editoriais Produções teóricas

Crítica ao programa eleitoral do PSTU – parte 1

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) lançou há poucos dias dois materiais para orientar suas campanhas eleitorais municipais.Comentaremos detalhadamente as posições aí apresentadas e buscaremos demonstrar como são contrárias às formulações clássicas do marxismo. Como a crítica necessita ser detalhada, a dividiremos em três partes. A primeira, agora publicada, trata de concepções mais gerais, sobre estratégia comunista.


29.09.2020 - Produções teóricas

História da classe trabalhadora: o fascismo

A discussão sobre o fascismo voltou à ordem do dia, com a ascensão de Jair Bolsonaro à presidência da República. Pensamos, entretanto, que há muita confusão na caracterização do fenômeno, feita conscientemente por oportunistas que buscam confundir lutadores honestos. Mas, como diz a citação de Trotsky, um erro na caracterização do inimigo pode ter desdobramentos práticos muito sérios. Justamente por conta da necessidade fundamental de demarcar posição em relação a esses oportunistas é que faremos nossa modesta contribuição com essa série de conteúdo sobre o fascismo.


29.05.2020 - Conjuntura Editoriais

O programa de Marx e Trotsky contra a crise

Frente à gigantesca crise capitalista que se abre, é fundamental os revolucionários adequarem seus programas. Seria o Programa de Transição uma invenção particular de Trotsky, ou teria bases nos esforços do próprio Marx para encontrar um programa revolucionário?


21.12.2019 - Produções teóricas

História da classe trabalhadora: o bonapartismo

Na série a seguir, olharemos para o sujeito histórico antagônico, o nosso inimigo: a burguesia e as suas diferentes formas de expressão política. Para conter de modo mais violento a luta da classe trabalhadora, a burguesia desenvolveu, ao longo da história, novas formas de dominação política. Falaremos especificamente do fenômeno do bonapartismo.


03.12.2019 - Produções teóricas

Para a Interpretação do Programa de Transição

“Este programa não é a invenção de um homem. Ele decorre da longa experiência dos bolcheviques. Repito: este programa é a concretização da experiência coletiva dos revolucionários. É a aplicação dos velhos princípios à situação atual.”


14.11.2019 - Produções teóricas

História da classe trabalhadora: a dualidade de poder

Nesse mês de outubro e no começo de novembro, sob o influxo das lutas que estão acontecendo agora, a TS vai produzir uma série de postagens sobre a dualidade de poder, isto é, sobre o processo de constituição de um poder paralelo pelos trabalhadores, contraposto ao poder oficial do Estado burguês, com as formas de luta e as formas organizativas forjadas pelos próprios trabalhadores na luta pela sua emancipação. Lembrar o passado, para nós, tem um propósito político muito claro: nos armar para as lutas do presente!


06.06.2019 - Produções teóricas

Tese 2: Sobre a “geopolítica” mundial [Congresso TS]

O texto a seguir é a segunda tese do II Congresso da Transição Socialista, realizado em março de 2019. As notas de rodapé estão ao final do texto.


11.02.2019 - Conjuntura Editoriais

Derrota na GM-SJC é alerta a revolucionários do PSTU

A adaptação do PSTU, em seu trabalho sindical, à burocracia e ao “sindicalismo de resultados”, levou a uma derrota histórica dos trabalhadores na GM de São José dos Campos. Todavia, o PSTU se nega a reconhecer abertamente a derrota, e mantém-se afastado do verdadeiro programa de luta, o programa revolucionário, o Programa de Transição.